Ronca Ronca


faça o cadastro para saber, em primeira mão, de promoções & infos!

       
Tico-tico

19 de agosto de 2010

está de bobeira? precisando de um “faz-me rir” gotoso?

Filed under: brasil — Tags:

afinzaço pra tirar uma onda?

doidinho pra dar uma gozada nos cornos da mulambada (nós)?

é só seguir o exemplo deles…



8 de agosto de 2010

no bar!

Filed under: fotografia — Tags:

não páro de lembrar da claudia…

e as fotos que cliquei começam a pipocar.

cacilda, a gente passou por poucas e boas.. e ruins!

ela sempre contou uma estória muito curiosa de como, invariavelmete, era recebida por tchurminhas diferentes a dela.

tipo, numa mesa de bar… chegando, se apresentando… papo começando.. e ninguém sabendo quem ela é…

até que vem a pergunta:

“e você, claudia, faz o quê?”

“sou professora de filosofia”

ha ha ha, inesquecível ela reproduzindo os cornos de nojo, de “ARGGGGGHHHHHH!”, de espanto…

e a pior cara de todas:

“whatta hell você está fazendo aqui?”

ela mantinha a linha, claro… mas, logo logo, arrumava um jeitinho de vazar!

PQParille, num país onde se declarar iletrado (para ser sutil) é quase uma tiração de onda, imagina o nó na cuca da prof.



31 de julho de 2010

girando…

Filed under: brasil — Tags:

jeferson, tropa de choque do roNca, lembrou de um assunto que coloquei aqui no tico há mais de um ano.

ele guardou as letrinhas e enviou pra cá de novo, reforçando como as coisas não mudaram nesse tempo.

e eu reforço ainda mais – não mudaram em mais de 500 aninhos.

olha só como somos sagazes…

“O BRASILEIRO É ASSIM :

- Saqueia cargas de veículos acidentados nas estradas.

- Estaciona nas calçadas, até mesmo debaixo das próprias placas de proibição.

- Suborna, ou tenta subornar, quando é pego cometendo infração.

- Troca voto por qualquer coisa: cesta básica, areia, cimento, tijolo,
dentadura.

- Fala ao celular enquanto dirige.

- Pára em filas duplas, triplas, em frente às escolas

- Viola a lei do silêncio.

- Dirige após consumir bebida alcoólica.

- Fura filas nos bancos, utilizando-se das mais esfarrapadas desculpas.

- Espalha mesas, churrasqueira, banca de camelô nas calçadas.

- Pega atestados médicos sem estar doente, só para faltar ao trabalho.

- Faz gato de luz, de água e de tv a cabo.

- Registra imóveis no cartório num valor abaixo do comprado, muitas
vezes irrisórios, só para pagar menos impostos.

- Compra recibo para abater na declaração do imposto de renda, também para pagar menos imposto.

- Escreve que a cor da pele é mais morena, para ingressar na
universidade através do sistema de cotas.

- Quando viaja a serviço pela empresa, se o almoço custou $10, pede
nota pra $20.

- Comercializa os objetos doados em campanhas pós-catástrofes.

- Estaciona em vagas exclusivas para deficientes.

- Adultera o velocímetro do carro para vendê-lo como se fosse pouco rodado.

- Compra produto piratas com a plena consciência de que são piratas.

- Substitui o catalisador do carro por um que de catalisador só tem a casca.

- Mente a idade do filho para que passe por baixo da roleta do ônibus
sem pagar passagem.

- Emplaca o carro fora do seu domicílio para pagar menos IPVA.

- Freqüenta caça-níqueis e faz fezinha no jogo do bicho.

- Leva das empresas onde trabalha pequenos objetos como clipes,
envelopes, canetas, lápis, etc, como se isso não fosse roubo.

- Comercializa os vales-transporte e vales-refeição que recebe das
empresas onde trabalha.

- Falsifica tudo, tudo mesmo. Só não falsifica o que ainda não foi inventado.

- Quando volta do exterior, nunca fala a verdade quando o policial
pergunta o que traz na bagagem.

- Quando encontra algum objeto perdido, na maioria das vezes não devolve.

- E quer que os políticos sejam honestos!!!

 

aproveitando, duas imagens que já circularam aqui…




29 de julho de 2010

( :

Filed under: brasil — Tags:

 

Subject: O Sonho não Acabará

“Caro Maurício, tudo bem?! Ouvi e li o seu dsabafo, tanto no Ronquinha, quanto no Tico-Tico, e quero aproveitar para escrever algumas palavras.

Querido MauVal, por favor, não desista de nada na sua vida. Sei como é difícil tocar um sonho adiante nesse nosso país. Para ilustrar isso, irei falar um pouco de mim:

 Tenho 34 anos, moro, praticamente, minha vida inteira na cidade de Duque de Caxias. Como boa parte da Baixada Fluminense, trata-se de uma cidade bastante atrasada em todos os aspectos, que conta, em sua maioria, com uma população de mentalidade muito pequena.

 Depois de bastante tempo, voltei a estudar. Cheguei a ficar treze anos sem colocar os pés, em uma sala de aula. Voltei aos estudos, porque, só transformarei meu sonho em realidade, estudando. Estou comendo um dobrado para conseguir o que quero. Muita gente diz que já passei da idade, que esse negócio de entrar numa faculdade é para quem tem dinheiro, enfim… Neste ano, que concluirei meu ensino médio e farei o vestibular, está sendo ano mais difícil para mim, pois estou desempregado, sem nenhum vintém no bolso, fudido mesmo! Tem gente, inclusive da minha própria família,  que me olha torto por causa disso. Acham que eu deveria dar prioridade à arrumar um trampo e deixar os estudos. Não farei isso. Pretendo me formar em História, ou Ciências Sociais, e trabalhar para mudar esse maldito status quo, que se encontra nossa sociedade.

 Tinha tudo para seguir o senso comum desta região, mas não faço isso. Sempre gostei muito de ler, de ir ao cinema e de ouvir boa música, artigos raros por aqui. Por isso, sou seu ouvinte desde os tempos da Rádio Imprensa, e desde esses tempos ouço você vociferar contra o nosso sistema, e se sentir  impotente frente a isso. Portanto, por mais difícl que seja, faça como eu, jamais desista dos seus sonhos. Eu te entendo,sei como é difícil, dá vontade de chorar às vezes.

Fico por aqui, espero estar na próxima festa, para poder te dar um abraço de verdade.

Do seu ouvinte e adimirador: André Soares, diretemente de Duque de Caxias.

PS: Não desista de nós!”



28 de julho de 2010

psiu!

Filed under: brasil,programa — Tags:,

a palavra tem sido proferida a cada segundo: “inclusão”!

maomé como tentei dizer, ontem, no roNca: “e o programa com essa barbárie toda lá fora, pra quê?”

“vapor barato” caiu como uma luva ao final do jumboteko. 

na boa, me sinto impotente, borocochô, imprestável, desnecessário em relação ao que está em volta. 

foreta total, não incluído… fueda!!!

parece não haver espaço para festinhas (a nossa, pelo menos), pra quê tocar o cardápio do roNca em FM?

pra satisfazer  ”meia dúzia”?

“música para meia dúzia” como sabiamente define o gutz!!!

claro, temos um público muito grande em todas as frentes do roNca… mas como chegaremos ao futuro?

como seduzir novos ouvintes se eles, praticamente, não mais existem… ou existirão! buááááááá!!!

quantos túlios estão sendo direcionados à rota de colisão com o jumboteko?

como chegaremos a eles antes da massificação inclemente arrastar seus ouvidos – e corações – pro outro lado?

borocochosice rules!

ok, o importante é a qualidade! BINGO!

mas não é beeeeem assim que a banda toca. essa “teoria” é muito linda… mas não basta!

e, por favor, não precisa lembrar que a web está aí pra blá bá blá… blá blá blá…

calma, estamos num país onde apenas 5% de nossos patrícios têm acesso à banda larga!

não me satisfaço com os limites da segmentação, sacumé? 

e como sempre faço questão de afirmar, fiz parte de uma rádio – a flu fm – que colocou tudo de cabeça pra baixo… e chegou ao terceiro lugar do IBOPE, em 1985!

portanto, fui mordido pela mosquinha da possibilidade de Fazer, captou?

felizmente, a Oi fm continua a insistir no F.

e graças a ela o mundinho roNca segue a girar… forte! e onde tenho me agarrado com todas as forças possíveis.

mas confesso, estou envergadaço… prestes a quebrar!

ao mesmo tempo, vaso ruim não quebra… não é mesmo?

anyway, foi só um desabafo!  sorry pela quantidade de letrinhas desordenadas!!!

afinal, se não for com você…

( ;

segue lista de ontem:

gal costa – “fruta gogoia” (ao vivo)

paul weller – “moonshine”

paul weller – “two fat ladies”

fellini – “chico buarque song”

mundo livre s/a – “carnaval na obra”

bob marley & aswad – “punky reggae party” (12″)

catarina dee jah – “intercâmbio cultural”

the birthday party – “mr. clarinet”

pop staples – “getting too big”

luisa maita & siba – “fulaninha”

bomba estereo – “fuego”

jimi hendrix – “hear my train a coming”

paul weller – “she speaks”

wilson das neves – “pra gente fazer mais um samba”

the clash – “police on my back”

gal costa – “vapor barato” (ao vivo)



15 de julho de 2010

voltar ao normal?

Filed under: brasil,youtube — Tags:

o país dos adevogados, dotoras & dotores…

http://www.youtube.com/watch?v=mxDAm0FxT50

minha mãezinha do céu!!!



9 de julho de 2010

home_work!

Filed under: brasil,futebol — Tags:

peraí… deixa eu acabar de contar:

31, 32, 33, 34, 35 e 36!

pronto – 8436 emails “solicitando” que o tico tico reverbere o caso bruno.

mas na boa, não consigo ver graça nessa situação do goleiro mulambento. 

pelo contrário, me dá uma tristeza abissal. sério!

parece que o círculo da maluquice vai se fechando, ano a ano.

apertando nossa sensibilidade… nossa indignação.

tudo aparenta ser muito normal…

é o congresso que aumenta seus vencimentos em plena copa do mundo, normal… o policial estrangula uma mulher, normal… pai & mãe jogam a filha pela janela, normal… é o petróleo lotado de falcatruas, normal… é o ingresso de um festival que custa 600 merréis, normal… são taxistas metendo a porrada num colega, normal… a bíblia virou item de cenografia para qualquer matusquela em cana, normal…  e porraí vai, sacumé?

não consigo tirar onda com meus, pouquíssimos, amigos torcedores do listradinho.

muito menos, fazer “gracinha” aqui!

portanto, nada tenho a reverberar sobre a situação… quer dizer … mas isto aqui é de bem antes…

 

afinal: “what difference does it make?”



7 de junho de 2010

brasil il il il il…

Filed under: brasil — Tags:

o email enviado pelo neto (meu chapa) é muito grande…

e se espalha sobre a dificuldade do brasileiro comum investir no trabalho, na educação, na honestidade & o diabo aquático.

sacumé, né?

a ladainha de “bolsa família”, “fome zero”, blá blá blá…

e chega à conclusão que o meió é ficar no mocó… só nas tetas do governo.

afinal, pra quem quer fazer alguma coisa de “bom”, o mesmo governo garante uma avalanche de impostos sem precedente!

anyway… a imagem que ilustra a trosoba diz tudo:

entre os “incentivos” a quem pouco faz, ou a quem não pode, lula & seus bluecaps criaram mais um.

conhece?

*RESOLVEU VIRAR BANDIDO E FOI PRESO?*
a partir de 1º/1/2010 O GOVERNO DÁ O AUXÍLIO RECLUSÃO!

*esse é novo* 
 Todo presidiário com filhos tem direito a uma bolsa que, é de R$798,30 “por filho” para sustentar a família, já que não pode trabalhar para sustentar os filhos por estar preso. 
 
Não acredita?
Confira no site da Previdência Social.


Portaria nº 48, de 12/2/2009, do INSS

( 
http://www.previdenciasocial.gov.br/conteudoDinamico.php?id=22)



Powered by WordPress