Ronca Ronca


faça o cadastro para saber, em primeira mão, de promoções & infos!

       
Tico-tico

18 de dezembro de 2014

MAMdou pra gente…

Filed under: torcida,youtube — Tags:

PQParille, hein?

( :



12 de dezembro de 2014

gato, potinho e maNto…

Filed under: torcida

Assunto: Helpis, Mau Val !
“Salve,
Seguinte, eu tinha dois mantos do Ronquinha: Um do Los Hermanos e um do Paralamas.
Tinha.
O do Los Hermanos, quando peguei com vc, na Fundição Progresso, já estava pra lá de chamberlaim e acabei pegando “M”.
Jamais voltarei a vestir “M”. Talvez nem na próxima encarnação.
Agora vem o porque do TINHA, o do Paralamas, acabou de se lascar, semana passada.
Estava executando um trabalho de pintura, quando, de repente, não mais que de repente, esbarro no potinho de tinta e “CATAPIMBA”, tinta para todo lado.
Do gato ( que dormia no chão ) até minha fuça, passando pelo manto, claro…
O gato consegui limpar, o manto não.
Aí vem a dúvida: Tem algum manto “G”, do Paralamas, ou algum outro, que possa me passar ?
Ajuda este rapaz que parece ter passado anos na parafernália do samurai Bruce “Lir”…
Abraço !” Bruno


11 de dezembro de 2014

muNdão…

Filed under: torcida

(tem link que não está abrindo… mas vale correr atrás das infos)
Assunto: muNdo vasto muNdo…
“Alguns sons que eu não tenho visto nessas listas de 2014 pipocando porraíThroes + The Shine, de Portugal

(o disco é cansativo…)Paus (eita…), de Portugal

http://www.youtube.com/watch?v=BdLpFu6xWFk&list=PLJPMzX_NVbUxBt9EeSflQ47_mL9IMRto0

Sia Tolno, da república do guiné, produzida pelo Tony Allen

http://www.youtube.com/watch?v=aR4786BaT2I

Vaudou Game, do Togo
http://www.youtube.com/watch?v=rS0MyVvXkJA
(e a capa desse disco?)Paus, Sia Tolno e Vaudou Game devem entrar na minha lista de melhores
do La Cumbuca, juntinho com Lucinda Williams, Neneh Cherry, Marianne
Faithfull…Uma dessas listas, da The Quietus, botou como um dos melhores discos
láaa embaixo o Fumaça Preta, de Portugal. Não conhecia e tô achando
legal.

http://www.youtube.com/watch?v=NTPy3tdH32c

Das revelações nacionais que a gente tava falando, faltou falar do
Russo Passapusso. É outra daquelas revelações que tá há anos na
atividade, mas disco solo é o primeiro que lança:

Tenho ouvido muita coisa boa e nova de hardcore, “rock goiano” e rap.
Nesse pop-mpb acho que é mais difícil entrar na “panelinha”. Tem uma
galera realmente nova, mas que não tá enchendo meus olhos. O Rabujah é
um cara novo, lançou o disco este ano e tô achando promissor. Mas
ainda tem espaço para crescer…

http://soundcloud.com/rabujah/sets/cozinha-americana

Não acho que vá ser sua praia, mas curti muito o primeiro disco do
Superlage

Abs”

Renato


9 de dezembro de 2014

robô & cavalo…

Filed under: torcida
Assunto: Top 2014
“Fala Mauricio,
Só para não perder a onda dos melhores de 2014, mas sem qualquer condição de elaborar uma lista, meu top 2, sem qualquer ordem de preferência: Everyday Robots/Cavalo.
Nem vou ficar divagando muito na teoria dos discos irmãos, mas das capas (brancas) aos sons cheios de silêncios, passando por temas que se relacionam, esses foram, disparados, os discos que mais ouvi em 2014. Bolachinhas, alias, muito boas de ouvir no fone.
Uma menção honrosa ao disco novo do Mark Lanegan, que saiu agora no fim do ano, mas que vale cada segundo de audição.
Grande abraço!”
Leonardo
(S.P)


quem?

Filed under: imprensa,torcida
Assunto: the who
“mauricio:

ontem na mulambagem do sofá, assisti um documentário muito bom sobre o Quadrophenia, que serviu para clarear algumas coisas que já imaginava, mas nunca tinha formatado na cachola. Coisas totalmente sem importância para o resto do mundo, mas de total relevância para o meu mundinho roquenrola. O who sempre ficou no limbo entre o mod e o arena. Nunca foi de garagem, mas também nunca foi deep purple ou led. E o Who era muito mais punk do que se imagina, de deixar no chinelo qualquer rebeldinho lobinho que circula por aqui. Tem uma cena neste filme, do primeiro show da turnê de Quadrophenia nos Estados Unidos…Keith Moon passa mal de overdose, Pete Towshend pergunta pra platéia se alguém sabe tocar bateria…um fã sobe e eles terminam o show. Como diz o governador, putaqueparile! Seguem link e um anúncio que a Carol me mandou que é sensa também. http://www.bbc.co.uk/programmes/b01k83bl

abrazos”
fabiano


7 de dezembro de 2014

mister white mandou pra gente…

Filed under: torcida,youtube — Tags:

e os três saindo do buraco?

PQParille!

( :



4 de dezembro de 2014

por falar no rubinho…

Filed under: festa,fotografia,torcida — Tags:

que noitada foi essa, em junho2010, hein?

e o “é VIP? então, paga” ali no canto?

com registro de z´da mar´…

UAU!

( :



a roNcadora vem aí…

Filed under: fotografia,historinhas,torcida

“Faaaaala Mauriçola! Como anda essa força? Quanto tempo, hein! E o Vascão? Com a volta do capo bandoleiro será que vamos pra frente? Sei não hein… é triste precisar dum bandido pra subirmos de patamar, hein. É esperar pra ver…

Rapaz, depois de tanto tempo sumido volto pra lhe informar que cá em riba continuamos tocando o barco pra frente e produzindo nossas cervejinhas mais do que nunca, além disso seguimos com nossa missão de disseminar a cultura das boas cervejas produzidas nas panelas pro maior número de pessoas possível, seja em oficinas regulares, que ministramos mensalmente no RJ pela Confraria do Marquês, mas também em outras frentes mais coletivas/ colaborativas, como por exemplo junto ao pessoal do movimento organizado lá no complexo da maré! Isso mesmo, Maurição! Estamos, neste momento, colocando uma pilha fortíssima pra galera das favelas cariocas cairem dentro da prática cervejeira… e no Morro do Timbau, uma das favelas do complexo da Maré, já está colocando suas IPAs, Weizens e Stouts, pra jogo em um sarau cultural que acontece mensalmente na calçada da lojinha de orgânicos chamada ROÇA. Imaginou isso Mauricio? Cerva artesanal fora da caixinha dos abastados que tem condições de fazer seus tours cervejeiros pela belgica? Pois é… tamo nessa vibe… pra mim (e pra turma da Confraria do Marquês), quanto mais popularizada estiver essa brincadeira, melhor! Você deve estar se perguntando: Porque esse maluco depois de tanto tempo veio com esse papo?… rs. Cara, é que ultimamente tenho ouvido você comentar muito sobre cerveja, tem o Bar do Botto (que aliás foi nosso aluno, lá nos idos de 2006, nas primeiras turmas da CM!) bombando com a Cozinha Etílica toda terça, tem também a galera da Tripa do Sul Fluminense bombando pelas plagas cervejísticas com o grande Shogun… e aí fiquei com uma certa dor de corno… afinal de contas, já tem pra mais de 2, 3 anos, que te prometi produzir uma Smoked Stout que já tem nome, né? Lembra do papo da RONCADORA? rs. Pois é… e finalmente vai sair! No tal Mondial de la biere, estivemos com a nossa American Pale Ale HOPIUM no BeerTruck Contrabando, e fui reconhecido pela mundialmente famosa dine, que estava lá no evento com o não menos famoso Otaner e outros camaradas mais… foi muito foda ela ter me reconhecido a partir de fotos do fb lá no evento, daí pudemos brindar com a Hopium e pude falar pra eles dessa minha promessa antiga de produzir a RONCADORA… resumo da ópera: ficamos de nos falar no início do ano pra tocar essa produção especial nas panelas do meu laboratório cervejeiro aqui em Teresópolis! Ou seja, se já tem a turma da Tripa Sul Fluminense produzindo duas cervas pro RoNca, é importante que saibas que em janeiro sairá mais uma! hahahaha.
Bichão, tem muita coisa rolando, inclusive a ideia de uma cerva pro Quintavant, da AudioRebel… coisa sendo tramada com o parcel Bernardo Oliveira… além de outras pilhas variadas… cerveja artesanal definitivamente, pra mim, virou um trabalho sério, e dos mais prazerosos. E será uma honra poder fazer parte do time da Tripa que produz o maravilhoso nectar em nome do nosso querido Ronquinha… rs. Afinal de contas… a RONCADORA vem aí! E virá logo, já que em março estou partindo pra uma temporada de 4 meses, com a família toda, em Coimbra, portugal… e de lá continuarei a acompanhar o Ronca, claaaaro!
Enfim, segue uma foto com a prova do crime lá no Mondial de la Bierre! Ah, e não poderia deixar de esquecer, uma outra cervejinha nossa, a witbier Jeffrey Niña (que se chamou primeiro ‘Menininha’, nome originalmente dado em homenagem a minha filha Flora) recebeu o prêmio de primeiro lugar, PRIMEIRÃO, na escolha do público neste mondial! Olha que coisa sensacional… como dizem por aí, a voz do povo é a voz de Deus. rs. E o melhor, ficamos na frente da witbier lançada pela Bohemia, que estava sendo lançada no mesmo evento e ficou com o segundo posto. Ficamos muito felizes e muito orgulhosos com isso tudo, claro! Por isso e por ouvir você sempre falar tanto de cervejas artesanais de uns 2 anos pra cá, resolvi te contar as novidades, pois afinal de contas, nós cá de riba também somos do time do RoNca, também somos d’A Tripa! Logo, A TRIPA venceu na escolha do público neste MONDIAL DE LA BIERE! VIVA NÓS!
Valeu Vascão, essas vitórias são minhas, são nossas, são de todos nós!
AVANTE!
/ + /
Grande abraço!”
André ZAHLE


bolelli mandou pra gente…

Filed under: torcida

Assunto: Melhores Álbuns de 2014
“Salve MV,

Nada como uma lista para criar polêmica e assunto.

Dos álbuns que eu ouvi, integralmente, segue minha TOP20, em ORDEM:

Internacionais


1. Tony Allen – Film of Life

2. Beck – Morning Phase

3. Jack White – Lazaretto

4. Robert Plant – Lullaby And… The Ceaseless Roar

5. Temples – Sun Structures

6. The Black Keys – Turn Blue

7. Wilko Johnson & Roger Daltrey – Going Back Home

8. Damon Albarn – Everyday Robots

9. Warpaint – Warpaint

10. Jungle – Jungle

 

Nacionais

 

1. Tom Zé – Vira Lata na Via Láctea

2. Russo Passapusso – Paraiso da Miragem

3. Tuca – Psiconauta

4. Tomba Orquestra

5. Goma-Laca

6. Nação Zumbi

7. Trummer Super Sub América

8. Criolo – Convoque Seu Buda

9. Moreno Veloso – Coisa Boa

10. Banda do Mar


​Assunta aê! rs​

​Cheers,”

LB
froNt_ES​


mister white mandou pra gente…

Filed under: torcida,youtube — Tags:

( :



leonardo mandou pra gente…

Filed under: torcida,youtube — Tags:, ,

( :



2 de dezembro de 2014

na moldura…

Filed under: torcida

Assunto: Sobre o texto da Nathali Macedo, Paulinho e Bill Wyman no baixo
“Oi Mauricio, beleza?

Acabei de ler o texto da Nathali Macedo. Vou imprimir e colar na parede. Muito bom!
A programação segue matadora desde o #100. E até coube um Paul Mcartney! coisa linda!
Fui ver o Paul em São Paulo na quarta feira. Fui com meu pai que tem mais ou menos a idade dele. Pra gente foi emocionante. Nos encontramos com os discos lá de casa. Lindo mesmo!
Mas a banda é meio semgraçona mesmo, com irmão gêmeo do Edgar Scandurra nos teclados. Fiquei curioso em imaginar o Bill Wyman no baixo. Gostaria de saber mais da carreira musical dele, dentro e fora dos Stones. Não vou pesquisar no Google antes de você contar e tocar alguma coisa dele. Fica meu pedido.
Abração
Rodrigo


® mandou pra gente (ou a “geração sabe-tudo”)…

Filed under: historinhas,torcida

“Funcionava mais ou menos assim: seus pais diziam que estava errado, você colocava na balança, usava o filtro da razão, e formava a sua opinião. Mas você sempre ouvia.

Quando a sua avó dizia que chá de boldo servia pra dor de barriga, você não pesquisava no Google pra ver o embasamento científico daquilo – até porque, na época a qual me refiro, não havia Google. Você bebia o chá de boldo pra ver se funcionava.

E não se tratava de ignorância, síndrome da tia velha ou nada parecido. Era respeito à experiência de vida do outro. Era o cultivo da arte de saber ouvir. Era a ideia de que o outro sempre tem algo pra te ensinar, e que tuas verdades nunca são absolutas.

Hoje, na geração das selfies, likes e seguidores, a coisa tá diferente. Todas as pessoas são absolutas e autossuficientes porque seus posts têm não-sei-quantos likes. Porque entendem sobre um monte de coisas que pesquisaram no Google.

Hoje, quem viu um documentário sobre ditadura militar acha que pode falar de igual pra igual com quem viveu a ditadura militar. O jovem lê o “Manifesto Comunista” e já se considera absoluto entendedor da obra de Karl Marx. Fazem download de meia dúzia de discos na internet e já se consideram grandes críticos musicais.

Toda sabedoria emanada da experiência de vida é careta e absolutamente duvidosa se o Google diz o contrário. Receitas de avó são ignoradas porque não são comprovadas cientificamente.

Criamos um exército de pessoas que sabem absolutamente tudo sobre qualquer coisa. Que estão tão cegas em serem vistas, e admiradas, e ouvidas, e seguidas, e likadas, que deixam de ouvir, de absorver, de crescer.

Estão tão concentradas na própria sabedoria – insuficiente, na maioria das vezes – que ignoram a sabedoria presente em cada coisa à sua volta. Que gastam um monte de minutos de suas vidas tirando selfies enquanto há um mundo inteiro e belíssimo a ser admirado, visto, fotografado. Mas o eu grita alto.

Quando desviamos o foco de nós mesmos, nos abstemos de ser reis de nossas próprias verdades e aprendemos a ouvir o outro, tornamo-nos cada vez mais conscientes do nosso papel no mundo.

Quando nos permitimos enxergar as coisas sob outro ponto de vista – o ponto de vista de outra pessoa – e valorizamos as lições que cada ser humano tem para nos ensinar, ganhamos muito mais do que alguma maturidade: cultivamos a humildade sensata que é a grande propulsora de nosso crescimento pessoal.

Quando tiramos a venda do excesso de autoconfiança e trocamos a inteligência descartável pela sabedoria da experiência, temos a oportunidade única de chegar onde de outro modo jamais chegaríamos: na melhor versão de nós mesmos.”

Nathali Macedo



30 de novembro de 2014

sissi mandou pra gente…

Filed under: torcida,youtube — Tags:

( :



Older Posts »

Powered by WordPress