a fofa, carmela & maria pia…

Assunto: Foto d’A FOFA

“Mauricio & Shogun, fiquei muito tempo afastado do roNquinha, mas muita coisa dele já está no meu sangue, na minha mente é na minha alma (graças a Deus!!!). Afinal, não dá pra viver sem música de qualidade, e sem lembrar- me de tanto tanto talento transbordante que vcs tem, assim como o roNca por inteiro. Ganhamos vida pelo roNquinha, MauVall& Showgun .Salve o RoNques!!! O meu pedido MauVall (com o perdão do abuso) é pra que vc poste uma(s) foto(s) da Fofa no site -pode ser antiga mesmo-, pois era muito maravilhoso ver as fotos dela . Ainda me lembro daquele angelical rostinho, de olhos brilhantes. Como ela está??????????? Ouvi no “3 patinhos na lagoa”(o #222, acho) a performance da Carmela, que foi bem-mais-que- extraordinária. Deus abençoe sempre a todos vcs… em especial a Carmela, A Fofa, e a Maria Pia… ( nunca me esqueci! É o nome mais lindo qeu já vi na vida! Como ela está???)
Abraços!”

Ricardo

fofa.tico.2006

(a fofa, brasília, outubro2006)

( :

a bula do #224…

224

the doors – “down on the farm”

doors.voices

amadou & marian – “anka miri”

bauhaus – “stigmata martyr” (ao vivo)

bauhaus.press

sergio machado & tulipa ruiz (plim) – “gelo”

sergio machado & juçara marçal (plim) – “delírio”

leadbelly – “how long”

leadbelly

george harrison – “wah wah”

george harrison – “my sweet lord”

parquet courts – “always back in town” (ao vivo)

parquet courts – “dear ramona” (ao vivo)

ty seagall – “waterloo sunset” (MOJO cd)

chuck berry – “oh, baby doll”

chuck berry – “back to memphis”

chuck.berry

kiko dinucci – “a gente se fode bem pra caramba”

kiko dinucci – “a gente se fode bem pra caramba”

kiko dinucci – “desmonto sua cabeça”

jards macalé – “78 rotações”

macale.autog

jimi hendrix & chris wood – “1983… (a merman i should turn to be)”

keith tippett – “this is what happens”

keith.tippett

steel pulse – “handsworth revolution” (BBC)

joão brasil – “pau molão blues” (ao vivo no roNca, em 29maio2007)

free_radio

weapon_tico

coração queNte…

atripa

 Assunto: em 78 por segundo rotações

“Oi MauVal e Shogun!

Semana passada aconteceu uma coisa engraçadinha. Estava saindo da igreja com minha vó e ela parou para cumprimentar uma outra senhora.. Quando a senhora se despediu e dei a mão para me despedir ela falou pra mim:
“Mão fria, menina! Ah, quem tem mão fria tem o coração quente!”

haha Fiquei o resto do dia com a música do Macalé na cabeça… toca ela no próximo Ronca?

Valeu!”

 

GABI

entra-e-sai, senta-e-levanta…

atripa

Assunto: O show tem que continuar, ou não
“Caríssimo Mau Val,
                                    já que você e Shogun começaram o #224 com um Doors pós-Morrison, e comentando que aTRIPA poderia chegar junto lembrando de bandas que seguiram em frente sem seus nomes de destaque (com ou sem sucesso), eu lembrei de algumas.
                                    Cá no Brasil, como você mencionou – lembrando Dé Palmeira -, dá para lembrar um mol de bandas assim. Mutantes mudaram de formação inúmeras vezes após Rita e Arnaldo saírem (Sérgio Dias foi meio que “virando” líder da rapaziada); os Novos Baianos foram trocando de membros aos poucos (agora, me vem à memória as saídas de Moraes, de Galvão, e até de Dadi, substituído por Didi Gomes, irmão de Pepeu); várias bandas dos ’80 também foram “trocando de pele” (o próprio Barão passou por dúvidas após Cazuza sair; a Plebe Rude perdeu Ameba; muita gente achou que o Kid Abelha ia esturricar com a saída de Leoni); e os 90′ não passaram incólumes, com o caso d’O Rappa, do Charlie Brown Jr. e, principalmente, dos Raimundos.
                                  Mas talvez, aqui, o grande caso de banda que tem o espírito do “o show tem que continuar” talvez seja nos Titãs. Lembremos: perderam Arnaldo Antunes, Nando Reis, Charles Gavin, Paulo Miklos (sem contar a tristíssima saída de cena de Marcelo Fromer)… e não só se recompuseram, como mantêm certo respeito. De outro modo, não seriam escolhidos para abrirem para o Who no Rock in Rio vindouro.
                                  No estrangeiro acho que varia mais, cada caso acaba sendo um caso. Por exemplo: grande parte do carisma do Led residia na dupla Page & Plant, mas a perda de Bonham acabou com a banda. O Who tombou com as perdas de Moon e Entwistle, mas o carisma e a capacidade de Daltrey & Townshend seguram a barra até hoje. Black Sabbath perdeu Ozzy, mas Dio representou a ponto de ser respeitado por muita gente; Van Halen até hoje se divide entre os “pró-Dave Lee Roth” e os “pró-Sammy Hagar”; Kiss teve um entra-e-sai de gente que não foi bolinho; Iron Maiden é um caso de banda que encaixou de vez só na segunda formação; Stones perderam Brian Jones, mas o carisma gigantesco de Jagger & Richards ajudou a amenizar a perda (sem contar a competência de Mick Taylor e, depois, de Ron Wood); e tem a fase do “Clash II”, já sem Mick Jones, que é meio proscrita por todo mundo – não sem motivo, já que Cut the crap é um disquinho, bem…
                               Enfim, lembrei dessas. Tem mais, claro que tem.
                               Atenciosamente,”
                                                                   Felipe

the wall & aTRIPA…

atripa

Assunto: Que manchete!
“Olá olá, radio dj
Cara vc chegou a ver uma das melhores manchetes de todos os tempos?
Nick Mason, que planeja volta da banda para shows, participava de exibição e escapa ileso. McLaren F1 GTR é avaliado em cerca de R$ 11,5 milhões

( :

Beijito
Ps: precisa falar dos últimos roNcas? Acho que não, né. Estaremos logo mais (ou logo menos) como querem alguns, planando.”
Willana